Translate

sábado, 11 de agosto de 2018

O que é uma metade diversional (e, Explicação também do que é paradoxo).


-- Um toque para Aspires da Class EXCEDE –

Este assunto chega lá naqueles momentos em que você está pra comprar um carro, e o olha por fora, parece pequeno, e quando entra (nele) se admira que tem um ‘espação’ dentro; é comumente de atenção de arquitetos, designers, decoradores de ambientes, e engenheiros espaciais, e do pessoal do mundo das jóias.


Vamos pôr duas palavras, pra começar:
Isósceles – é, igual em lados.
Isoângulo – é, igual em ângulos.

Então,


Como vemos, a figura (em exemplo) é a metade de um quadrado.  Notemos que, não está cortada a partir de um lado.  Foi cortada a partir de um ângulo.
Não foi assim, não foi separada através do(s) lado(s), como nesta outra figura.

Pois bem; o isoângulo-retângulo (ali, acima) foi obtido por separação a partir do(s) ângulo(s). 

Notemos o seguinte:
Cortando um cubo pela metade a partir de um de seu(s) vértice(s) (uma de suas pontas angulares), nos deparamos com uma banda de face interna, que configura um retângulo maior (de área maior) que qualquer dos quadrados iguais dos lados de fora dele.

Ihh !!  Como uma coisa dentro da outra pode ser maior que a de fora?

Isso é, em princípio, um paradoxo.

Esse paradoxo se dá porque ao cortar o cubo em iguais partes a partir de um vértice (dele) obtemos faces espelhos que são formadas com o lado maior do isoângulo-retângulo (lá em cima); esse lado sempre maior desse triângulo é a famosa hipotenusa*.

·        *  Ela é a ‘miss’ dos triângulos-retângulos; uma ‘pop-star’ da Trigonometria.



Sendo o lado dos quadrados de fora do cubo 1, com medida de lado = 1cm, por exemplo, a metade diversional dele mostra a linha-reta maior, que porta uma medida também muito vista na matemática: o valor ~1,41 ..; que é a badalada (raiz quadrada de 2).


quinta-feira, 15 de junho de 2017

Leis do Gleam(er)(s) Team

Leis do Gleam(er)(s) Team



Ame a Natureza
limpe os rios, as ruas, e sua morada;

Os bichos não são bibelôs, não faça deles vitrine de sua futilidade.

Não acumule feiúra debaixo de vícios, não se arraste atrás de preguiça;

Agradeça à Vida e sinta o prazer de viver.



Sexo é uma brincadeira --
(que se torna séria) --
mas não é um brinquedo ..
Não se pode quebrá-lo com
irresponsabilidade;
Não estrague o sexo com falsidade.

Viva o sexo com sentimento de gosto e prazer;
Não tire do sexo o sabor, pelo descuido, violência,
nem horror; sexo é coisa limpa.

Os Céus estão sobre sua cabeça, não afronte
o que pode lhe destruir sem piscar.

Cuide da Natureza, porque ela é inquieta
e intempestiva, se violentada.

Agradeça à Terra que lhe mantém.

Não aceite leis que difiram pessoas de pessoas.

Não encare um ser humano como estranho,
nem vigie as pessoas,
Apenas tenha cuidado primário no seu conviver ,
pois o ser humano é volúvel, e
e as pessoas, algumas vezes, falham
(voluntária, e involuntariamente)
trate-as com a propriedade que merecem;

Não incomode, sempre prefira conversar;
e dê sinais claros de que vai agir ..

Prefira a dignidade no viver do que a covardia
que possa danificar injustamente de alguma maneira.

Pessoas são livres para viver, e têm leis civis
à que devem juízo.






15/06/17Haddammann (Deam) Klyss